Amores cachaça

Vocês já tiveram um amor cachaça? Vou explicar melhor e de forma mais clara. O amor cachaça é aquele que tu promete que vai largar e não consegue. E não precisa necessariamente ser amor. Pode ser paixão cachaça, affair cachaça, qualquer coisa...cachaça.

Amores cachaça te consomem, dão tremedeira e taquicardia. Infinitas palpitações no coração. O tempo e a convivência já provaram que vocês dois nunca darão certo, mas é difícil se manter sóbrio 24 horas. Basta um telefonema, um olhar ou um sorriso. Pronto, a tentativa de abstinência vai por água abaixo! Tum-tum no coração.

Isso me lembra de um trecho de uma música do grupo Nenhum de Nós: "você até parece um vício que largar é quase impossível, exige muito sacrifício e quando eu me considerava limpo vem você pra me oferecer mais".
Sim, é um vício. Sim, largar é quase impossível. Sim, exige muito (muito mesmo!) sacrifício. Os amores cachaça são espertos. Sabem exatamente a hora e o momento propício para te oferecer mais. E te deixar com água na boca...


P.S. O jeito é apelar para o vamos viver um dia de cada vez.
P.S.2 Em breve, AAC (Associação dos Amores Cachaça).
P.S.3 Se o amor é cachaça, o jeito é brindar, cheers!

 
Sobre os créditos nas imagens:
Todas as imagens que ilustram o blog são retiradas da internet. De 2010 até agora, são extraídas do site weheartit.com
Já as imagens dos anos anteriores foram retiradas do Google e estão sem os créditos dos fotógrafos porque não encontrei. Se a sua imagem está sem crédito, me desculpe: diga seu nome que eu coloco.

©2005 Clarissa Corrêa | + Magda Nascher