Não corre atrás!

Não corre atrás dele, guria! Todo mundo já escutou isso, pelo menos uma vez. Não estou aqui para dar conselhos (quem sou eu pra isso?), muito menos para dar lição de moral. Gostaria apenas de me manifestar a respeito dessa frase. Sou antiquada, acho que o primeiro passo tem que ser do homem. Visão machista? É, eu sei. Direitos iguais. Século XXI. Uhu, liberdade feminina! Que coisa mais ridícula. Homens e mulheres são livres desde o seu nascimento. São donos do seu nariz, não existe essa de coisa de homem e coisa de mulher, profissão de homem ou de mulher. Cada um faz o que acha melhor pra si, todo mundo sabe onde o calo aperta, onde o negócio alfineta.

Homem liga ou mulher liga? Tanto faz. Quer ligar, liga. Não te importa com o que vão dizer e/ou pensar. Já falei que sou antiquada, né? Lá do tempo da vovó. Acho sim que a primeira atitude tem que ser do homem. Sei lá, acho mais romântico, tenho esquisitices amorosas patológicas. Gosto de flores, gentileza, acho que o cara tem que puxar a cadeira, abrir a porta do carro e todas essas coisinhas que alguns consideram baboseiras. Mas eu gosto e pronto. Não vou falar de mim, quero falar no geral.

O que é "correr atrás"? É dizer que sim, tu queres o cara? Que ta afim? O cara mora lá no México e o fato de tu pegares um avião pra visitá-lo quer dizer que estás correndo atrás? Não. Não. Não. E não de novo. O fato de IR ATRÁS quer dizer que tu gostas. E queres demonstrar isso. Alguns não são bons com palavras, preferem agir. Outros falam mais. O bom é o equilíbrio entre ação e atitude, o que nem sempre ocorre. Ta bom, quase nunca. O que importa é demonstrar, seja com beijos de cinema e abraços calorosos ou uma carta que fale de amor. E isso independe do sexo.
Essa coisa de correr atrás é besta. Se eu for atrás o que ele vai dizer? Ele vai dizer que tu gostas dele. E se ele gostar de ti também vai ficar é feliz da vida. Se não gosta são outros quinhentos. Existem caras que pensam como o homem das cavernas. Se a mulher vai atrás é fácil. Se a mulher transou na primeira noite é puta, se não transou é difícil. Infelizmente existem homens assim. É verdade, alguns pensam mesmo. Ta afim? Dá. Não ta? Não dá. Faz o que tiver vontade, não tenta impressionar, não queira ser quem não és.

Se tiver que dar errado vai dar tu sendo um personagem ou não. Portanto, nada melhor do que ser e agir como a melhor pessoa do mundo: tu. Se ele se apaixonar, será por ti e não pela atriz que estavas tentando ser. Mesmo porque é difícil fazer boas cenas a novela inteira. Concorda? Se ele não se apaixonar, paciência. Não vais te arrepender de nada, afinal, foste tu.

Correr atrás não é sinônimo de expressar um sentimento. Gosta? Mostra. Não gosta? Dá tchauzinho. Mas faz o que TU decidires, o que achas melhor pra ti. E lembra sempre: em primeiro lugar vem tu e em segundo tu...

 
Sobre os créditos nas imagens:
Todas as imagens que ilustram o blog são retiradas da internet. De 2010 até agora, são extraídas do site weheartit.com
Já as imagens dos anos anteriores foram retiradas do Google e estão sem os créditos dos fotógrafos porque não encontrei. Se a sua imagem está sem crédito, me desculpe: diga seu nome que eu coloco.

©2005 Clarissa Corrêa | + Magda Nascher